Nuvem privada

O que é uma nuvem privada?

Nuvem privada é um tipo de arquitetura de computação em nuvem local que é acessada, gerenciada e protegida apenas por uma empresa ou organização independente, fornecendo processamento virtual adicional e recursos de armazenamento.

Acesso restrito à nuvem privada

Embora compartilhe muitos benefícios da computação em nuvem, como capacidade de expansão e flexibilidade, o acesso à nuvem privada é restrito a um único cliente ou organização, oferecendo segurança ideal para o setor específico ou requisitos regulamentares ou para aqueles que trabalham com dados confidenciais, como documentos ou registros médicos.

Sem limites com base em terceiros

Com uma arquitetura de nuvem privada, os usuários finais não ficam em dívida com fornecedores terceirizados, dando-lhes acesso mais controlado aos seus dados – e a capacidade de responder rapidamente no caso de falhas de componentes. E como toda a infraestrutura está localizada no local e não é compartilhada com vários locatários, os modelos de nuvem privada permitem mais oportunidades para arquiteturas de TI personalizadas.

Como a nuvem privada funciona?

Antes de começar a virtualização da infraestrutura de TI ou orquestração de contêiner, os administradores criam sua montagem personalizada de servidores, software, segurança e outros aplicativos, dependendo de suas necessidades precisas de carga de trabalho. Essa capacidade de personalizar – que não é oferecida por meio de ofertas de nuvem pública – é uma das vantagens mais atraentes da nuvem privada. No entanto, maior capacidade de personalização, acesso e visibilidade muitas vezes incorrem em despesas iniciais adicionais.

A nuvem privada pode abranger vários servidores, sistemas de rede e armazenamento. Isso permite que os administradores de TI criem um conjunto de recursos que podem ser particionados para várias cargas de trabalho usando máquinas virtuais e/ou contêineres. Esse particionamento ou compartilhamento de recursos físicos fornece melhor eficiência e é mais fácil de aumentar ou diminuir. O processo de provisionamento de novas cargas de trabalho para aplicativos é automatizado e monitorado por meio de um gerenciamento central que inclui otimização, segurança e continuidade de negócios.

 

Nuvem privada vs. nuvem pública vs. nuvem híbrida

A nuvem privada é apenas uma das várias opções de nuvem disponíveis para empresas e organizações. Dependendo das necessidades e de quem a mantém, uma nuvem pode ser classificada em duas categorias adicionais, cada uma com seus benefícios.

+ mostrar mais

Nuvem privada

Como as nuvens privadas costumam ser dedicadas a um grupo ou usuário, esse método oferece mais oportunidades de personalização, acesso e segurança – a um custo inicial mais alto. Além disso, em comparação com as ofertas de nuvem pública, a capacidade da nuvem privada pode ser muito mais ou muito menos escalável, dependendo da infraestrutura e da previsibilidade da mudança na demanda.

 

Nuvem pública

Os serviços na nuvem pública são gerenciados por um provedor terceirizado em um local remoto, oferecendo recursos de nuvem altamente flexíveis e escaláveis para muitas empresas e organizações. Mediante o pagamento de uma taxa combinada, o provedor terceirizado gerencia e protege todos os recursos ou armazenamento. A principal compensação é a visibilidade, o acesso e a personalização para maior agilidade sob demanda.

 

Nuvem híbrida

As infraestruturas de nuvem híbrida combinam elementos de nuvem pública e nuvem privada. Aqui, uma empresa ou organização descarrega certos recursos para um provedor terceirizado enquanto mantém determinadas infraestruturas no local. Isso aumenta a capacidade de uma empresa de controlar, acessar e gerenciar seus dados e hardware, especialmente para cargas de trabalho variadas, e atender a requisitos rigorosos de segurança ou privacidade.

 

Aplicativos modernos de nuvem privada

Apesar da crescente popularidade da nuvem pública, a nuvem privada ainda continua sendo uma infraestrutura valiosa e poderosa para muitas organizações e empresas, especialmente aquelas com rígidos requisitos regulamentares e de segurança.

Normalmente, a nuvem privada é entregue como um ambiente virtual, hospedado ou gerenciado. Com uma implantação virtual, empresas e organizações isolam uma nuvem privada dentro de uma nuvem pública. Embora esse espaço de servidor seja tecnicamente compartilhado por outros grupos e organizações, esses recursos são dedicados a determinadas cargas de trabalho. Ambientes de nuvens privadas hospedadas, por outro lado, não são compartilhados com outras organizações. Um provedor terceirizado manterá o hardware e o software, mas apenas para um grupo. As soluções privadas gerenciadas são executadas por fornecedores em nome de outro grupo, que não tem a equipe de TI ou precisa concentrar sua energia fora da tecnologia.

O funcionamento de um aplicativo de nuvem privada varia de empresa para empresa, dependendo de seus requisitos específicos. Por exemplo, uma empresa de serviços financeiros pode implantar uma nuvem privada para segurança no local adicional, como armazenamento e processamento de pedidos comerciais e outras informações confidenciais do cliente. Da mesma forma, os provedores da área da saúde podem usar nuvem híbrida e privada para armazenar informações médicas que estejam de acordo com a Lei HIPAA (Health Insurance Portability and Accountability Act) e outras leis de conformidade.

 

HPE e nuvem privada

A HPE fornece a tecnologia e o conhecimento necessários para tornar possíveis as soluções e estratégias de nuvem privada. Dependendo das necessidades do parceiro, a HPE pode implantar qualquer número de componentes e serviços, incluindo HPE GreenLakeHPE Synergyservidores HPE Apollo e HPE ProLiant. Em conjunto, essas soluções ajudam organizações e empresas a simplificar a TI; alcançar maiores níveis de controle, agilidade e eficiência; reduzir custos crescentes de infraestrutura e acelerar os resultados comerciais.

Para ajudar a LAKE Solutions, um provedor de serviços de nuvem e consultoria de TI na Alemanha, a entregar uma nova oferta de serviço chamada backup como serviço, a HPE integrou uma infraestrutura que permite oferecer serviços de backup hospedados e no local para uma vasta gama de clientes, e assim permitem atender a demandas de carga de trabalho mais especializadas.

Ao trabalhar com a Sopra Steria, outra empresa de consultoria e serviços de TI com sede em Paris, a HPE usou um modelo flexível e ágil para ajudá-los a acomodar seus clientes com uma ampla variedade de cargas de trabalho, incluindo uma infraestrutura hospedada composable com armazenamento escalável.

E quando a gigante das telecomunicações Nokia Software precisou acelerar o desenvolvimento de software 5G e automatizar fluxos de trabalho de P&D, a HPE entrou com uma nuvem privada baseada em armazenamento all-flash e blades HPE, ajudando a maximizar o desempenho, diminuir as despesas de capital, reduzir as demandas por energia e diminuir a quantidade de espaço necessário para seu data center.