Garantir a continuidade dos negócios

  • Documento técnico
  • PDF 355 KB
  • 8 páginas

Visão geral

Não é uma questão de saber se algum evento catastrófico afetará um sistema essencial à missão, é uma questão de saber quando. E o que fazer, então?

Uma única hora de paralisação custa, às empresas globais, uma média de US$ 1,7 milhão*. Um plano de continuidade de negócios para tolerância contínua a desastres vai ajudar a minimizar os dados e reduzir o TCO.

Cadastre-se, ...



Não é uma questão de saber se algum evento catastrófico afetará um sistema essencial à missão, é uma questão de saber quando. E o que fazer, então?

Uma única hora de paralisação custa, às empresas globais, uma média de US$ 1,7 milhão*. Um plano de continuidade de negócios para tolerância contínua a desastres vai ajudar a minimizar os dados e reduzir o TCO.

Cadastre-se, para ver dicas e opções para seu plano de continuidade.

Não é uma questão de saber se algum evento catastrófico afetará um sistema essencial à missão, é uma questão de saber quando. E o que fazer, então? Uma única hora de paralisação custa, às empresas globais, uma média de US$ 1,7 milhão*. Um plano de continuidade de negócios para tolerância contínua a desastres vai ajudar a minimizar os dados e reduzir o TCO. Cadastre-se, para ver dicas e opções para seu plano de continuidade.

Melhores práticas de data center para fornecer continuidade dos negócios para aplicativos vitais

Sobre os verdadeiros riscos aos negócios ....2

Continuidade dos negócios ...3

Definindo o que é "crítico" …4

Abordagens da continuidade dos negócios .. 5

Custo total de propriedade ... 6

Ofertas de continuidade dos negócios ... 7

Conclusão .... 8

Loading information, please wait

Intel

Servidores de expansão vertical HPE ProLiant Gen9 e Integrity x86 equipados com
processadores Intel® Xeon®.


Intel, o logotipo Intel, Xeon e Xeon Inside são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas da Intel Corporation  nos EUA e em outros países.



*Aplicativos de alto valor em x86: a necessidade de sistemas realmente tolerantes a falhas, Peter Rutten, Relatório do analista da IDC, maio de 2015.