Turbinando a satisfação do cliente — e o crescimento

A rede australiana Burson Auto Parts, em rápido crescimento, atende a 30.000 oficinas mecânicas e amadores todos os dias. Para manter a satisfação dos clientes, ao mesmo tempo que amplia sua rede, ela precisa de sistemas escaláveis para finanças e inventário.

Logotipo da Burson Automotive

A maior fornecedora australiana de autopeças de reposição

Os australianos que consertam carros — sejam mecânicos profissionais ou amadores — confiam na Burson Auto Parts para comprarem as peças que precisam, quando precisam.

Na Austrália, a Burson Auto Parts é a maior distribuidora de autopeças de reposição. Por meio de sua rede de lojas autorizadas em expansão, além de uma frota de caminhões de entrega, a Burson suporta mais de 30.000 clientes diariamente, de pessoas que gostam de consertar seus próprios carros a mecânicos profissionais, com itens de serviços rotineiros, como filtros, pastilha de freio, óleo, velas e peças separadas, como bombas d’água, motores de arranque e alternadores.

Esse negócio complexo requer que a Burson mantenha um inventário de meio milhão de SKUs de mais de 1.000 fornecedores.

Além disso, a Burson está crescendo, com planos para expandir sua atual presença no mercado de 156 lojas para 200 lojas até 2021, um aumento de 28%.

1971

Ano de fundação

156

Lojas

1.200

Funcionários
  • "Desde a sua fundação, em 1971, a Burson tem expandido continuamente. Recentemente, esse crescimento acelerou, exigindo que os sistemas de TI da empresa também crescessem."

    Leon Rawlins, Gerente de Sistemas de Negócios da Burson Automotive

Expansão inteligente

A Burson Auto Parts e sua empresa controladora, a Bapcor, operam uma extensa rede de distribuição de autopeças, com um mix de inventário que é tão grande quanto exclusivo — o inventário da Burson inclui 500.000 SKUs de mais de 1.000 fornecedores.

A amplitude do inventário da Burson é difícil de replicar, oferecendo, à companhia, uma vantagem competitiva importante. A empresa também está buscando uma estratégia de crescimento agressivo: a Burson visa  ter mais de 44 novas lojas, até 2021 — um aumento de 28% em sua presença de mercado em apenas 5 anos.

Mas crescimento traz dor de cabeça: conforme a Burson começou a abrir suas lojas novas, seus sistemas legados de ERP e finanças pulverizaram. Os funcionários ficavam paralisados enquanto esperavam que as consultas por computador fossem concluídas. O processamento de lotes durante a noite chegou a demorar de 8 a 9 horas, aumentando a possibilidade dos dados do inventário não poderem ser atualizados a tempo.

Isto era um problema sério. O compromisso da Burson com seus clientes é baseado na manutenção de um grande inventário de autopeças em estoque. Os seus funcionários precisam estar equipados para responder rápida e precisamente às solicitações dos clientes, seja um mecânico ligando para encomendar uma peça ou um cliente procurando algo nas prateleiras de uma loja da Burson.

A companhia percebeu que, se não “regulasse” o “motor” de sua TI, ela poderia começar a ter problemas na relação com os clientes, o que poderia ameaçar sua reputação — e dar aos seus concorrentes uma oportunidade para ultrapassá-la.

  • "Se a gente tivesse feito um upgrade naquele momento, talvez já tivéssemos que fazer um outro upgrade apenas um ano depois. Além disso, com os upgrades, os custos de manutenção subiam todo ano -- mas o novo sistema já vinha com suporte, então, ficamos tranquilos quanto às despesas operacionais. Quando fizemos uma comparação, trocar o sistema  custaria menos do que o upgrade, sendo que o hardware se pagaria em quinze meses."

    Leon Rawlins, Gerente de Sistemas de Negócios da Burson Automotive

Escalabilidade sob demanda

Um dos primeiros requisitos que a Burson definiu para o upgrade do seu sistema de ERP foi uma mudança em seu sistema operacional. A Burson estava usando o seu principal software de negócios, o MomentumPro Enterprise Resource Planning (ERP), no Windows. A companhia queria manter esse sistema ERP porque trocar para uma plataforma diferente traria níveis inaceitáveis de risco ao projeto. Mas eles também queriam adotar o UNIX, para aproveitar as vantagens da estabilidade e da capacidade de expansão corporativa dessa plataforma. A Burson também queria que o hardware fosse tão escalável quanto compacto e econômico, para possibilitar que ela atingisse sua estratégia de crescimento sem excesso de despesas indiretas de TI.

Assim, a Burson escolheu os servidores blade HPE BladeSystem e os sistemas de Armazenamento HPE 3PAR como sua nova plataforma de hardware.

Como a Markinson não tinha uma versão do seu software de ERP para UNIX, a Burson recorreu aos Serviços de tecnologia HPE para configurar uma instância do MomentumPro que funcionasse no HPE-UX, arquitetasse o hardware e executasse a migração. Os Serviços de tecnologia HPE conduziram workshops sobre requisitos e design e produziram a documentação para facilitar os processos e aprovações do projeto, cronograma do projeto e gerenciamento das  mudnaças. Esses recursos ajudaram a garantir que os requisitos técnicos do projeto da Burson fossem atendidos, que a Burson tivesse visibilidade completa do status do projeto, conforme ele progredisse, e que a implementação atendesse às expectativas de orçamento e cronograma da Burson.

  • "Pode ser tentador fazer upgrades incrementais, mas é preciso pensar em todo os custos de upgrades contínuos, suporte, paralisações e outros fatores, ao se fazer uma transformação digital completa."

    Leon Rawlins, Gerente de Sistemas de Negócios da Burson Automotive

Pilotando uma expansão perfeita

A satisfação dos clientes e a maior eficiência nas operações protegem a diferenciação competitiva --- apesar do crescimento agressivo.

Com sua nova arquitetura de ERP instalada, a Burson está posicionada para atingir sua estratégia de negócios.

Agora, esse fornecedor de autopeças está livre buscar seu crescimento agressivo, pois sua TI escalável tem a “potência de motor” necessária para suportar as novas lojas, quando elas abrirem. Eles estão protegidos contra os riscos de interrupção dos negócios enquanto crescem, pois sua nova plataforma oferece confiabilidade em nível empresarial.

O desempenho da nova plataforma ajuda a garantir que os funcionários da Burson tenham um inventário atualizado, quando chegam para trabalhar de manhã. Como resultado, se um mecânico ligar para encomendar uma autopeça, a equipe da Burson pode dar as respostas absolutamente precisas que seus clientes esperam: se a peça está em estoque, por exemplo, e em quanto tempo ela pode ser entregue na oficina.

Os funcionários não precisam mais experimentar atrasos na hora de trocar de telas ou fazer consultas de inventário, porque o desempenho dos sistemas de ERP da Burson tem quatro vezes mais velocidade do que antes. Isso permite que a equipe da Burson faça seu trabalho com mais eficiência --- incluindo as tarefas em que eles lidam diretamente com o cliente, como processar pedidos e ajudar os mecânicos a encontrar peças.

A nova plataforma também virtualmente elimina o risco de os dados de inventário não estarem atualizados no início das atividades da loja, diminuindo o tempo de processamento de lotes de 8 a 9 horas para apenas 2.

A nova plataforma cumpriu o que prometia sob o ponto de vista dos custos. A Burson passou de 8 racks para 2 --- um grande salto em custo-benefício de servidor --- e evitou o acúmulo dos custos de manutenção, o que teria acontecido se eles tivesse mantido seu hardware legado. Por causa dessas economias de custos, a nova plataforma irá se pagar em 15 meses.

A receita da solução

A Burson selecionou uma infraestrutura hospedada em um compartimento HPE BladeSystem c7000, com um blade servidor HPE Integrity BL870c i4 com o HP-UX 11i v3. Para o armazenamento, o cliente escolheu o sistema de armazenamento HPE 3PAR StoreServ 7450, com 32 discos de estado sólido de 480 GB (SSDs). O sistema inclui interconexões HPE FlexFabric.